domingo, setembro 22, 2013

Confissão ainda que tardia.

Eu não comemoro meu aniversário.
Nada contra quem o faz e participo alegremente dos festejos de quem curte, mas eu prefiro que o meu seja ignorado.
Enquanto eu não estiver numa idade em que cada ano seja uma conquista ou que tenha vencido alguma doença grave, não vejo nada notável na data do meu nascimento que mereça uma comemoração.
Isso choca muita gente e não tem nada de baixo astral no fato.
Apenas não gosto e acho que já passei da idade de fazer o que detesto pra não melindrar outrem.

3 comentários:

Caminhante disse...

Nesse ano, meu aniversário caiu no mesmo dia da minha aula de dança. E eu fui. Porque pra mim fazer a minha aula era muito mais importante do que qualquer outra comemoração. Meu aniversário é pra mim.

Dalva M. Ferreira disse...

Eu acho uma babaquice e ponto final.

Unknown disse...

se vc não tivesse nascido, não haveria NADA do que exite hoje...
seus filhos, seus amigos, suas conquistas, suas alegrias e suas dores.
é por tudo isso que a comemoração se faz válida. e nem tô falando em festas etc e tals.
tô falando daquela taça de vinho que vc toma com vc mesma e diz: "pq eu mereço!".
tá, ai vc me diz que isso é comemorar a vida.
0k!
aniversário é todo dia, pq a gente mata os leões.
pelo menos foi assim até aqui!
bj