quinta-feira, setembro 23, 2010

Não é por nada não...

... mas quando você for qualificar uma pessoa como "fora da lei", a primeira coisa a ser analisada é de que tipo de lei estamos falando. Em outras palavras, qual foi a lei, a autoridade ou o regime que esta pessoa afrontou.
Só pra citar um exemplo mundialmente conhecido, o cristianismo tem todas suas bases fundadas num personagem que afrontou a lei vigente, foi perseguido, preso, julgado, condenado e morto. Portanto, um total fora da lei.
Pense nisso quando for usar esse tipo de argumento para (des)qualificar alguém.

4 comentários:

Ana Paula disse...

Na mosca!

Suzi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suzi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suzi disse...

Ana Paula, minha fia. Nao consigo mais entrar no seu blog nem pelo gúgou. Dá erro. Mais alguém reclamou ou é mais uma sacanagem do cosmos para com a minha simpática e exclusiva pessoua?