segunda-feira, junho 28, 2010

Foi a camélia que caiu do galho...

A camélia do quintal está linda.
No vasinho da sala fica fofa.

domingo, junho 27, 2010

sábado, junho 26, 2010

Praticamente uma Irmã Campana!


Xu fazendo seus trabalhos de design. São módulos na proporção de 1:2.

quarta-feira, junho 16, 2010

Correio Elegante

Elaine - como vai a contagem? Atualiza pra nós se já passou de um dígito.
Dalva e Ana Paula - Eu também sou do tempo da Caminho Suave. Lembro até hoje dos desenhinhos da abelha, do bebê, do cachorro... uma delícia! Apesar de já ter entrado na escola sabendo ler e escrever, não me pergunte como, segui os passos tradicionais na escola: primeiro bastão, depois cursiva. Primeiro grafite, depois caneta. A primeira caneta aconteceu aos 9 anos e foi um rito de passagem.
Aline V. - Essa associação do analfabetização com a letra cursiva doeu em todos nós, né? muito me admira uma pessoa tão pródiga em credenciais como o educador do artigo, defender essa idéia. Por escrito.
Isa, minha frô! - saudade de um trago na sua companhia!
Lilica - meu único (cof! cof!) problema em ir pra europa é esse: cruzar o atlântico.
Claudim - compra rede. Anzol não! Sabe deus onde isso enrosca.
Madoka - Vc nem imagina o quanto é sério. Policiais impedindo o trânsito na ponta da rua. Coisa fina!

domingo, junho 13, 2010

Vejo flores em você!

Recebi essas flores lindas da Ju, no blog dela pelo Dia dos Namorados.
Amo você, Ju!

P.S. A Ju tem razão no que disse no comentário. Pelo que escrevi acima, parece até que somos namoradas! rararara.
Ó, nadinha contra, mas não somos não. Mas mesmo assim eu adorei as flores. E amo você.

terça-feira, junho 08, 2010

Quando eu ganhar na Mega vai ser assim...


Curitiba tem o Parque Barigui, que é onde a lagartixada vai tomar um solzinho, quando tem. Ao lado desse parque tem uma ruazinha onde só tem casa pra rico. Coisa fina.
Quando ia ao parque, eu voltava por essa rua.
Pois dias atrás, num fim de semana, tentando voltar por ela, tive a seguinte surpresa: rua bloqueada e com guardas de prontidão. Em fins de semana e feriados, somente moradores munidos de autorização escrita podem passar pela rua.
Tá certo. Certíssimo.
Imagine você que tem piscina aquecida no primeiro piso, sala de jogos e biblioteca de fazer inveja a Mindlin, lustre francês na sala de jantar e jardim projetado por Burle Marx, numa manhã de sábado abre a janela e vê UM POBRE????!!!!
Não orna.
Dou o maior apoio.