sexta-feira, abril 30, 2010

Chuchu recheado com champignon

Atendendo ao pedido da Madoka, aí vai a receita incluindo champignon.
Confesso que eu a Xu gostamos de comê-los na salada e é assim que devoramos aquele pacote que aparece no post da feira ali embaixo, quase todo.
Mas quando a Madoka pediu a receita, fiquei com vontade de aproveitar o restinho que havia na geladeira e preparar um almoço leve pra mim e pra Xu, já que nas sextas ela tem aula somente de manhã e eu tenho a companhia da fofa para o almoço.
É um prato simples, não carece nem de receita. Por isso fotografei alguns passos e vou dizendo o preparo e cada um faz as adaptações que tiver vontade. Eu já digo que sou péssima em informar medidas e quantidades e as que usei foram pra preparar duas porções. Eu usei chuchu, mas com batata fica genial.
Vamos lá:
Ingredientes para 2 porções:
1 chuchu descascado e cortado ao meio
1 raminho de ervas. (manjericão, manjerona,alecrim, salsa, coentro... o que preferir. Eu usei manjericão)
1 cebola pequena
3 dentes de alho
1 xícara de chá de champignon
1 xícara de chá de tomate picado. (eu só tinha do cereja e foi ele mesmo)
queijo parmesão ralado
1 colher de manteiga
azeite
sal

Afervente o chuchu em água com sal e o raminho de ervas. Não deixe amolecer demais.

Enquanto o chuchu está fervendo na água com sal e ervas, frite os 3 dentes de alho em óleo bem quente.
Assim que dourar, retire e deixe reservado.


A seguir, verifique se o chuchu já está "al dente". Não sei quanto tempo. Ele não pode estar mole. Só uma aferventada pra pegar tempero e não ir ao forno cru.  Corte a parte interna do chuchu, fazendo um buraco pra pôr o recheio.
Esta parte que vc cortou fora, pique em pedacinhos pra incluir no recheio. Não precisa jogar fora.

Numa panela doure a cebola picada na  manteiga, acrescente o alho frito picado, os pedaços de chuchu que você retirou do miolo, os tomates picados, o champignon, acerte o sal e desligue o fogo.
Recheie o chuchu com esse molho, cubra com queijo parmesão e um fio de azeite e leve ao forno.
Eu servi com uma salada de chicória roxa, alface crespa, grão de bico, tomatinho cereja, queijo minas e folhinhas de manjericão. Temperada com sal, azeite e balsâmico. Com um suquinho de maracujá, ó, ficou delícia.

Bom apetite!

quinta-feira, abril 29, 2010

Bagagem

Com a preparação do novo site e todas as mudanças que isso envolve, venho pensando muito em processo.
Nunca começamos nada do zero. A cada guinada que fazemos na vida, carregamos conosco todas as experiências acumuladas ao longo dela.
Somos o resultado das nossas escolhas e não-escolhas, das nossas leituras, dos filmes que assistimos, das impressões deixadas por pessoas que passaram por nossas vidas, da arte que apreciamos, dos risos e bobagens trocados em grupo, do choro contido, do choro chorado, das tentativas fracassadas, dos poucos acertos, dos prazeres adquiridos e gostos abandonados. A cada novo projeto, todas essas experiências se apresentam como matéria prima a forjar um novo caminho. Que nem é tão novo assim.
Ao começar um novo projeto, tudo que apresentamos é apenas o resultado de um processo. Cuja qualidade será sempre proporcional à riqueza de nossa bagagem. E é aí que me pergunto: estou satisfeita com o que eu trouxe até aqui?

terça-feira, abril 27, 2010

Feira

Delícias do mercadão:
Chicória italiana
alface roxa
alcaparras
champignon
castanha de caju
filé de linguado
morangos
tomate seco
e feijões coloridos que não posaram pra foto.

sábado, abril 24, 2010

Correio Elegante

Aninha, pros caras sem noção e aos adeptos da barulhada eu proponho castração.
bejos

A Tabuleta da velha

Se eu tivesse uma oportunidade única de escolher uma forma de melhorar geneticamente a humanidade e livrar o mundo de aporrinhações, ao simples apertar de um botão, não teria dúvidas: acabaria de vez com os chatos.
Estes se multiplicam como baratas e se proliferam em todos os segmentos sócio-econômicos e culturais.
O chato consegue transformar  uma ciência séria, por exemplo, a ecologia, numa babaquice-chata-monstra tamanha que tenho ganas de esfolar o sujeito na fila à minha frente portando a camiseta: “vamos salvar o planeta”.
Parafraseando o @catarroverde  ´Se tiver adesivo "o planeta agradece", enxugo a mão com seis folhas´ .
Minha paciência com chatos em geral é zero.
O chato não procura aprender, ele já sabe.
O chato não te conta nada, ele ensina.
O chato repete sempre as mesmas piadas.
O chato não se acha. Ele se tem certeza.
Isso tudo é só pra dizer que acabo de redigir o texto da plaquinha que vou mandar fazer pra botar em baixo da campainha do portão:

Se você veio me vender o que quer que seja, se veio falar de qualquer religião ou partido político, NÃO SE ATREVA A APERTAR ESSA CAMPAINHA!

A Xu diz que estou me transformando numa velha eremita que em breve vai se mudar pro mato numa casa com porteira beem longe onde a família vai deixar comida numa cesta e tocar o sino. Mentira. A comida poderá ser entregue pelo supermercado e poderão me avisar por mensagem de twitter ou sms. Que absurdo!

sexta-feira, abril 23, 2010

Arrumando o Bazar...



Até amanhã tudo arrumadinho.

Bazar Dia Das Mães!

Todos convidados!
E se você não for de Curitiba, acompanhe por aqui e pelo twitter @SuziCastelani que vamos postar as novidades diariamente.
Abraços!
Suzi Márcia

terça-feira, abril 20, 2010

Nave Mãe, espera só mais um pouquinho...

Não marque NADA para 13 de agosto de 2010!
Exterminador do Futuro, Rambo e Duro de Matar juntos! Armados e perigosos!
Delíííííciaaaaa!!!!!
Trailer aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=Na3AKMtTf5M&feature=player_embedded

quinta-feira, abril 15, 2010

Fui à feira e não resisti.

Garantindo o uisquinho das creonças



Tô fazendo uma peça por dia inspirada em filme.
Vai  conferir!

segunda-feira, abril 12, 2010

Da série: Eu dava dois dentes da frente...

... pra ser aquele assistente ali ó. Só com os zoinhos de fora. Ah, meu pai...

sexta-feira, abril 09, 2010

Mundo bizarro

Um bicheiro saiu de uma academia na Barra da Tijuca, ontem ao meio dia, acompanhado do filho, num carro caríssimo, blindado e escoltado por policiais militares.
A noticia afirma que ele costuma circular pelo Bairro escoltado por policiais. 
A bomba foi plantada embaixo do assento do motorista. E explodiu. O motorista, no momento da explosão, era o filho. De 17 anos. Que morreu.


Li esta noticia aqui e não consigo ligar os pontos. Faz sentido pra alguém?

Da série: Pensando bem...

Pensando bem. o primeiro pinto de ouro do mundo foi o Midas. Afinal, uma hora ele teve que mijar, né?

quinta-feira, abril 01, 2010

Assim caminha a humanidade...

Estou às voltas com a construção do site novo pro Ateliê, mudança de marca, cadastro de produtos, novas fotos, uma trabalheira danada.
Dentro de mais alguns dias estréia site novo pra vocês poderem navegar com maior conforto, escolher sem confusão, tudo divididinho em linhas, classificação de produtos, pagar com cartão, tudo, tudo, tudo.
Mas enquanto tudo isso está no forno, a peteca não cai não.
Tá tendo novidades todos os dias, já foi  ver?