segunda-feira, março 08, 2010

Oscar 2010

Então.
Meu amado Tarantino não levou a estatueta.
Mas gostei muito de ver a academia premiar uma história como a do Guerra ao Terror.
Teve de quebra aquele clima de campeonato entre JC e KB. E claro que fiquei emocionada com a vitória da moça.
Não tivemos momentos memoráveis e inesquecíveis nesta edição. Foi emocionante, torci horrores, chegando à beira  do ridículo (sempre à beira de) pelo adorado Taranta, mas não aconteceu aquele momento em que o arrepio toma conta geral e a lágrima pinga no queixo.
Mas foi uma edição empolgante, com prêmios muito bem disputados. A categoria de melhor ator, por exemplo estava magnificamente representada.
Mudaram novamente a forma de entrega do Oscar, de "O Oscar vai para..." voltou para o antigo "O vencedor é..." do qual não gosto muito. Alguns apresentadores fizeram de uma maneira, outros fizeram da outra. Não gosto desse negócio do vencedor pois implica que os demais são os perdedores. Indicar a estatueta a um deles confere apenas e tão somente o que o prêmio é: a escolha de um grupo.
Vou fazer o balanço do que acertei e depois conto o placar.

Nenhum comentário: