sábado, março 27, 2010

Não entendo

Não consigo imaginar um motivo, unzinho só, que me fizesse aparecer numa sacada e acenar para jornalistas em comemoração à condenação aos assassinos da minha filha.

2 comentários:

Ana Paula disse...

Ah, suzi, esse julgamento todo foi um circo, um espetáculo midiático, um nojo. Não estou pondo em questão o resultado ou o mérito, não, estou falando só do processo, da forma. Sei lá, eu sou velha mesmo. Pudor e compostura são valores definitivamente anacrônicos.

Suzi disse...

Aninha, é isso. A lista do que não entendo nesse vasto e velho mundo só faz aumentar.
bejos