quarta-feira, novembro 26, 2008

Vamos lá?

Se você ainda não decidiu todos os presentes de Natal, vai lá dar uma espiadinha.

segunda-feira, novembro 24, 2008

Notícias da Feira


Então que está sendo assim: uma estiva. Mas uma delícia também.
Obrigada a todas que já foram, adorei cada visita no meu stand, se gostaram recomendem às amigas e se não gostaram recomendem às inimigas, mas sobretudo recomendem.
...
O meu espaço na Benedito Calixto é maior que no do Center 3 mas eu faço caber tudinho. Não se reocupem que o que tem na Benedito tem no Center 3.
...
Não está dando tempo de atualizar nada nos blogs, perdoem. Pra terem uma idéia cheguei hoje de Sao Paulo as 6.30 da manha, trabalhei direto, tenho até quarta pra produzir tudo o que vou levar (reposição) , viajo quarta a noite e volto na sexta 7 da manha (trabalho) e retorno pra Sampa de onibus as 3 da tarde de sexta pra feira, sentiram?
...
Gente, eu nasci pra ter tendinha. Amo atender, mostrar e conversar com quem não conheço ainda. To a - man-do tudo. Quando gritam de tanto que adoram eu quase morro.
...
Quase chorei quando uma mocinha trocou o dinheiro do lanchinho dela por um colar meu. Ela perguntou o preço, fez continha no dedo e decidiu: ah, eu como em casa! Eu queria morrer. Queria dar o colar pra ela, perguntei se ela morava longe, se queria tomar um café comigo e ela não quis. Sorriu, agradeceu e saiu com o colar que comprou. Uma fofa.
Eu tenho certeza: não sirvo pra negócio que envolve mocinhas fofas.
...
E velhinhas fofas de unhas feitas e cabelo arrumado que seguram as duas mãos da gente e dizem: parabéns minha filha, seu trabalho é lindo. Oooooouuuuummmmm
Não sirvo pra negócio que envolve velhinhas fofas também.

terça-feira, novembro 18, 2008

Correio

É isso mesmo Ana. Não são dores, nem ressentimentos. Nada disso me falta hoje.
Nem é drama. Não tenho isso, não tenho aquilo, olha que coitadinha que eu sou não combina comigo de jeito nenhum.
Mas quando eu era menina essas ausências eram de um valor simbólico enorme.
Ando trabalhando reações, mexendo no baú e tentando identificar a raiz de algumas coisas e tenho me deparado com esses pequenos símbolos. Pequenos, porém com poder de determinar meu comportamento até hoje.
Mas vou esmiuçar cada um deles até que a convivência seja apenas leve e divertida.

segunda-feira, novembro 17, 2008

Objetos de desejo que nunca terei

A casa era de madeira sem pintura. E eu sonhava com uma casa colorida.
A casa era nos fundos de uma oficina. E eu sonhava com uma casa com portão e jardim.
As outras meninas tinham lápis de cor enormes, intermináveis, numa cartela de 36 e os meus eram pequenos em caixas de 6 cores.
A Heloisa tinha um guarda chuva de plástico transparente com cerejas desenhadas nas bordas.
A Marcela morava na rua da escola e tinha um irmão que levava pra ela um copo de vitamina de abacate na hora do lanche.
O Miro tinha uma coleção de gibis e podia ler na sala da casa dele.
As crianças da rua jogavam bets mas eu só podia olhar pelo vão da cerca.

sábado, novembro 15, 2008

Correio

Elaine, cachelar e anel by Ateliê...e peguei 2 encomendas na reunião...hohohoho
As más línguas já andam dizendo que minha lápide será:
"Aqui jaz Suzi Márcia, mas sua filha continua atendendo à Rua José de Alencar etc...."
....
Alline, eu já engoli tanto jacaré de boca aberta em nome não sei do que mesmo que estou adorando meu novo modelito bateu-tomou. Adouro.
....
Aninha, lembrei demais de você hoje. O dia está lindo e montei a rede debaixo da árvore. Você adoraria ler um livro tomando uma cervejnha nela. Tem até trilha sonora de passarinhos.
E diz pro Décio que tem um escritório no fundo do quintal com wireless, fax, impressora e telefone sem fio à disposição dele. E você fica na rede claro. Vou até providenciar um sininho de metal pra gente chamar o Hugo. Afinal, alguém tem que trocar a cerveja, não é mesmo?

quinta-feira, novembro 13, 2008

Leitura


Fal, se você não tem eu te dou de Natal!
Tem uma idéia ótima de venda de preces pela internet que precisamos roubar imediatamente e agregar na nossa igreja!

Caixeiro Viajante

Vim a Sampa hoje, bate e volta, só pra uma reunião. Pra feira de Dubai.
É. Não poderei ir à feira, outros clientes marcaram compromissos comigo, inadiáveis e intransferíveis para a mesma data da feira e minha viagem a Dubai com tudo pago dançou.
Dançou só a viagem pois a organização da bagaça toda continua comigo e vamos nessa.
Voltemos.
No meio da reunião, um bam bam bam qualquer, desses que tem status de secretário de governo, de tomar cafezinho com ministro, homem da organização do evento, interrompe a minha fala e insinua uma reprimenda a algo que eu nem cheguei perto de dizer.
Ficaram todos mudos esperando. A minha voz saiu mansa, quase aveludada. E respondi ao homem, recheio de um Armani impecável, com a voz pausada, calma e firme, chamando-o pelo nome precedido do título evidenciando o seu equívoco sem a menor colher de chá. Ato contínuo, voltei a voz, a atenção e meu corpo para o lado oposto da mesa e retornei a fala exatamente de onde tinha sido interrompida.
Ninguém mais me interrompeu.
Acho que anos de surra corporativa começam a surtir efeito.

terça-feira, novembro 11, 2008

Convite

Faremos a feira Como Assim?! em Sampa a partir de 22.11 mas não poderíamos deixar de prestigiar nossas (os) clientes e amigas (os) de Curitiba.
Bazar Pré feira pra vocês escolherem primeiro!

beijos

Suzi Márcia
P.S. As peças vendidas serão repostas para a feira.

segunda-feira, novembro 10, 2008

Correio

Alline! Ter voce e Claudio Luiz na minha tendinha no Rio seria o supra sumo do luxo, poder e glória!
Vou me acabar na feira de Sampa e depois agitamos o Rio.
........
Já tenho a localização do meu box na feira do Como Assim?! na Benedito Calixto, mas ainda não tenho a localização exata no Shopping Center 3 da Paulista. Assim que tiver (essa semana ainda), vou fazer o convite e publico.
........
Elaine, me perdoa. Não pensei que a correria seria tanta. Estou com os parâmetros atrasados em coisa de 10 anos atrás, quando eu conseguia estar inteira após um dia de correria louca em Sampa. Prometi que te ligava e não rolou. Aliás, não prometo mais nada até essa feira passar. Nem perguntem.
........
Tenho essa semana pra desenterrar meu certificado de cenógrafa e iluminadora conferido pela oficina de teatro da UEM e montar as instalações do nosso box. Oremos para que nada caia ou pegue fogo.
........
Ju, pode pegar o que quiser. Você é visita que se serve de café da garrafa.

segunda-feira, novembro 03, 2008

Correio

Obrigada, meninas!
Depois da feira em Sampa, vamos organizar uma no Rio, com certeza!
beijoooss!!

domingo, novembro 02, 2008

Feiras

Agora é oficial:
O Ateliê estará em São Paulo nas seguintes datas:

22/11 sábado
29/11 sábado
06/12 sábado
13/12 sábado
Na feira Benedito Calixto das 10 as 19 horas.
Praça Benedito Calixto 158/162
entre a Rua Cardeal Arcoverde e a Rua Teodoro Sampaio.

23/11 domingo
30/11 domingo
07/12 domingo
14/12 domingo
No Shopping Center 3 das 10 as 22 horas
Na Avenida Paulista 2064, esquina com a Rua Augusta - Jardins.

Quando estiver mais próximo eu envio convites por email e publico cartaz.
Produção em polvorosa...