quinta-feira, agosto 23, 2007

Estragão e Curry


Adoro temperos.
Sempre achei que fazia muito sentido rasgar os mares bravios em caravelas desgovernadas à procura das famosas especiarias. Adoro também a palavra especiaria.
Acho a cozinha o melhor da casa e quando eu construir a minha, ela será a área nobre, onde receberei as visitas, assistirei meus filmes, lerei meus livros, trabalharei no computador e cozinharei para os que amo em volta de um portentoso fogao a lenha a ocupar o centro de tudo. Um cômodo único a abrigar cozinha, escritório, sala e biblioteca.
Poisentão.
Enquanto esse reino de caldeirões e temperos nao acontece, vou mexendo meus feitiços na minha cozinha de apartamento mesmo. Hortinha de pequenos vasos de ervas na janela a me encher de orgulho.
Ervas que adoro comprar, conhecer, explorar e combinar em pratos diversos até encontrar o que considero o casamento perfeito.
Acredito que temperos sejam tão pessoais quanto perfumes, mas esse encontro de tempero perfeito para determinado prato não exclui nenhum outro e nem diz que não vou continuar a testar muitas outras e adorar os testes de cozinhas alheias.
Só quero continuar a oferecer aos que amo meu frango em molho com estragão e curry como um carinho especial e assinado para que este sabor e perfume continue e evocar minha presença entre eles, em meio a rasgos de risada e goles de vinho, mesmo quando eu estiver longe.

3 comentários:

Dalva Maria disse...

Gracinha! Agora... esse negócio de cozinhar e mexer em computador tem causado sérios danos aqui na senzala. Nem sei mais quanta coisa esturricada, tudo por causa daquele vacilo: "vou dar só uma olhadinha"...
sei dessa!!!

BELA disse...

beibe, babei!
acabei de receber, diretamente de lá das Índias...um curry especialíssimo!!!
Fico toda feliz quando uma migo mem traz uma lata de 3 litros de azeite...São os melhores presentes pra mim. Quem me conhece sabe.
manda essa receitinha pra mim, mada?
nesse friozinho...ai ai...num quero nem que Deus me ajude.

beijos

Odessa Valadares disse...

Abençoada seja, querida. Nunca pare de postar!